NOSSA HISTÓRIA

O Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos, é uma instituição sem fins lucrativos, fundada em 28/04/1956 por intelectuais da comunidade que se dispuseram a abraçar a causa de implantar uma escola de língua inglesa em Botucatu.

Com o intuito de promover educação e a cultura oferece aos alunos experiências singulares que impactam e transformam suas vidas através do conhecimento. Aqui estimulamos o desenvolvimento contínuo dos alunos em um ambiente no qual eles são valorizados e encorajados a aprender.

O ICBEU é a única escola de inglês de Botucatu reconhecida pela Embaixada dos Estados Unidos como um Centro Binacional, que busca a excelência no ensino de inglês e atua para ser o ponto de referência na promoção do intercâmbio cultural entre Brasil e Estados Unidos.

O ICBEU oferece uma variedade de cursos de inglês adequados ao perfil de cada aluno e suas necessidades específicas. Seja visando o mercado de trabalho ou viagens, preparatórios para exames ou por lazer, o ICBEU tem o curso ideal para você.

Reconhecimento da Embaixada Americana

Reconhecimento da Embaixada Americana O ICBEU é um Centro Binacional oficialmente reconhecido pela Embaixada dos Estados Unidos da América.

Para merecer o reconhecimento pela Embaixada como CENTRO BINACIONAL DE EXCELÊNCIA é necessário:


- Ter comprometimento com a alta qualidade do ensino da língua inglesa.
- Ter professores perfeitamente gabaritados.
- Oferecer treinamento e reciclagem constantes aos professores.
- Ter um Conselho Consultivo.
- Ter comprometimento com a divulgação das culturas brasileira e norte-americana.
- Ter instalações e infra estrutura de ponta.
- Ter recursos tecnológicos modernos e eficazes.
- Ter uma biblioteca com acervo variado e significativo aberta aos alunos e à comunidade.
- Ser credenciado pela Comissão Fulbright para orientação e aconselhamento de estudantes para cursos nos Estados Unidos.
- Ser credenciado para oferecer exames internacionais como Michigan e TOEFL.
- O reconhecimento pela Embaixada dos Estados Unidos é dado somente após exaustivas auditorias efetuadas periodicamente por representantes da Embaixada.

TOP